Pequenos agricultores recebem moradias pelo Minha Casa Minha Vida Rural

10 de julho de 2015

26 casas foram construídas a partir de parceria entre os governos federal, estadual e municipal

 

olga-leiria-cohapar-2Agricultores familiares obtiveram a casa própria, como incentivo à permanência no campo (foto: Olga Leiria/Cohapar)

 

ANTONIO OLINTO – Famílias de pequenos agricultores do município de Antonio Olinto receberam, no final de junho, 26 novas moradias rurais entregues a partir de parceria entre os governos federal, estadual e municipal, com investimento obtido por meio do programa Minha Casa Minha Vida Rural. Os subsídios do poder público permitiram que os agricultores selecionados, cuja renda não pode ultrapassar R$ 15 mil por ano, paguem apenas quatro parcelas anuais de R$ 285 pelos novos imóveis.

A ação, segundo o superintendente de Relações Institucionais da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), José Boni, tem como foco ajudar o homem do campo a permanecer na zona rural de forma digna, dando condições de permanecer onde desejam. “Essas famílias são a força motriz da agricultura do Paraná. Com estas casas, elas continuarão produzindo e abastecendo a população do Estado”, afirmou.

Para a gerente regional do Emater, Clair Júnior Dallagnol, o programa de moradias rurais correspondeu às necessidades da empresa. “Existia a necessidade da construção das moradias rurais, mas não tínhamos recursos para isso. Com essa parceria, conseguimos premiar o agricultor com casas que vão garantir a permanência dele no campo”, relatou.

De acordo com a Prefeitura de Antonio Olinto, o município possui 91% da população vivendo na zona rural.

Comentários