Expedição Porto a Porto refaz os caminhos da navegação dos vapores pelo Rio Iguaçu

08 de abril de 2016

Grupo de amigos partiu de Porto Amazonas sentido Porto Vitória; parada em São Mateus do Sul foi na segunda-feira (4)

 

DSC_0048Fotos: jornal ACONTECEU

 

Admiradores das belezas e da história do rio Iguaçu, alguns amigos decidiram se aventurar pelas suas águas refazendo um trajeto que décadas atrás era percorrido pelos imponentes vapores, que transportaram pessoas e mercadorias e marcaram um ciclo econômico na região. O grupo partiu no domingo (3), de Porto Amazonas, tendo como ponto de chegada Porto Vitória, na Expedição Porto a Porto.

Formam o grupo Sérgio Brum, Raul Scarante, Renato Scarante, Josué de Oliveira Ribas, Ademir Mastrelli, Renato Polato e Nelson Breda. O mais experiente em navegações é Renato Scarante, de 75 anos, que já percorreu o mesmo trecho em 2010, sozinho, a remo. A expedição em grupo, desta vez, faz uso de motores, mas de baixa potência que servem mais como leme do que para impulsionar os barcos, praticamente sem nenhuma poluição e impacto.

A viagem prevê passagem por cidades como Palmeira, São João do Triunfo, São Mateus do Sul, Irineópolis, União da Vitória e Porto Vitória, visitando várias localidades do trajeto. O grupo chegou a São Mateus no final da tarde de segunda-feira (4), para pernoitar, e foi recebido com um jantar pelo proprietário da Marina Barra do Iguaçu, Rafael Budinski. Entre a equipe de apoio, Renato Levandowski deu suporte na cidade.

Segundo os participantes, a expedição não tem caráter científico, mas faz levantamentos informais sobre a situação que o Iguaçu se encontra no trecho percorrido, como o nível do rio, situação das margens, pontos de poluição e localização das localidades ribeirinhas. A intenção surgiu pelo interesse em vivenciar a experiência de contato com a natureza e com lembranças de uma parte da história regional, explica Sérgio Brum. “A expedição surgiu da vontade de refazer o caminho dos vapores e fazer integração com os moradores ribeirinhos, de certa forma nos aventurando numa parte importante de nossa história, fazendo algo diferente do nosso cotidiano”.

A expedição partiu da cidade na manhã seguinte e se encerra nesta quintafeira (5), quando os barcos devem atracar em Porto Vitória.

Mais detalhes da Expedição Porto a Porto podem ser conferidos pela página de mesmo nome no Facebook, criada para que familiares, amigos e demais interessados pudessem acompanhar a aventura.

 

Comentários