Empresas que produzem muito lixo terão que garantir destinação correta para obtenção de alvará, alerta Prefeitura

30 de outubro de 2015

Intenção é que esses geradores apresentem — e cumpram — Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

 

DSC_1188Foto: jornal ACONTECEU

 

Informações da Assessoria PMSMS

O gerenciamento de resíduos sólidos nas empresas do município deve encarar uma nova realidade a partir do ano que vem. Para obtenção ou renovação do alvará de funcionamento, todas as empresas que produzem resíduos sólidos tóxicos, nocivos ao meio ambiente ou em grandes quantidades, vão precisar apresentar — e se comprometer a cumprir — um plano de gerenciamento desses materiais (PGRS).

A intenção da Prefeitura, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, José Ewerling, é fazer cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS, Lei Federal 12.305/10), sancionada em 2010, mas que ainda enfrenta dificuldades para se consolidar em boa parte dos municípios brasileiros. “Estamos desde 2013 conversando com os empresários e conscientizando as pessoas sobre a importância da destinação correta dos resíduos sólidos. Algumas empresas já estão cumprindo seus planos e essa é a conduta correta a ser tomada pelo bem do meio ambiente”.

Além dos benefícios evidentes ao meio ambiente, o PGRS possibilita aos empresários melhorar o gerenciamento do lixo gerado pela empresa, aliado à melhoria do sistema de produção e controle de desperdícios, o que traz impacto direto para suas finanças. “O gerenciamento de resíduos precisa ser tratado como um item importante da gestão da empresa”, explica o diretor da secretaria de Meio Ambiente, Thales Okonoski. “O impacto é muito positivo para a empresa. A empresa consegue saber também, por exemplo, quanto gasta em determinado material e quanto está desperdiçando avaliando a quantidade e a tipologia do resíduo gerado”.


 

O Senac de São Mateus do Sul está com inscrições abertas para um curso que visa orientar empresários e público em geral para a elaboração de Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos em empresas. O curso terá duração de uma semana (totalizando 21 horas). Interessados podem se inscrever no site do Senac. As vagas são limitadas.

Comentários